Instagram


ESTEJA POR DENTRO DAS NOVIDADES, LANÇAMENTOS DA BONGS FLY E NOTÍCIAS SOBRE A MACONHA.

Aqui você poderá acompanhar todas as nossas novidades assim como dicas de como usar e conservar melhor o seu bong de vidro.Além disso, poderá visualisar nossos lançamentos e notícias sobre acontecimentos relevantes no Brasil e no mundo sobre  tudo o que se relaciona ao universo dos bongs e pipes.


PERU: CONGRESSO APROVA PROJETO PARA USO MEDICINAL DA MACONHA.

O Congresso do Peru aprovou nesta quinta-feira, em votação com ampla maioria, um projeto de lei que autoriza a legalização do uso medicinal damaconha, seguindo passos de outros países da região que também deram o sinal verde para o consumo da substância para fins terapêuticos. A medida que ratifica a produção, importação e comercialização do óleo de maconha para fins medicinais teve 66 votos a favor, 4 contra e 3 abstenções.

A iniciativa, endossada pelo presidente peruanoPedro Pablo Kuczynsk, foi apresentada pelo governo há alguns meses, sensibilizado pelo pedido de um grupo de familiares de vítimas de epilepsia que sofrem de episódios de esquizofrenia, que fabricavam o óleo de cannabis em um laboratório clandestino descoberto em uma ação policial.

"Com a aprovação desta lei, milhares de pacientes e seus familiares passarão a ter uma esperança, uma melhor qualidade de vida", disse o parlamentar governista Alberto Belaunde, um dos defensores do projeto. O deputado aponta que em no máximo 60 dias será publicado um projeto de regulação para a produção e comercialização fiscalizada do óleo de maconha, antes de entrar em vigência a lei para o uso deste insumo da cannabis.

"O consenso político de hoje nos mostra o triunfo da empatia e das evidências sobre o medo e os preconceitos", escreveu o deputado Alberto de Belaunde em sua conta no Twitter sobre a decisão

O Peru passa a integrar o grupo de países na América do Sul onde é legal a produção e consumo da maconha com fins medicinais, ao lado de Argentina, Colômbia, Chile e México. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou em 2016 as regras paraa venda de remédios à base de maconha. Em 2013, o Uruguai foi o primeiro país do mundo a legalizar da produção ao uso de maconha no país também para fins recreativos. A venda ao público, que teve inicio em julho, causou filas nas farmácias registradas pelo governo para comercializar o produto. O Canadá analisa a regulamentação do comércio e consumo da Cannabis, que deve deve ser liberada já em 2018.


Gigante do álcool que vende a cerveja Corona e a vodca Svedka, a Constellation Brands, está avaliando incluir cannabis, componente encontrado na maconha, em determinadas bebidas, num momento em que a legalização da erva avança nos EUA e, para analistas, é uma questão de tempo até cobrir todo o território.

Você já se perguntou sobre quais são os bongs de vidro mais caros do mundo? Apresentamos aqui uma leitura rápida que fornece a informação sobre os cinco bongs mais caros do mundo até o presente momento. Entre eles está bong da Miley Cyrus que foi leiloado na internet por mais de U$ 70.000.

A Bongs FLY tem um ótimo portfólio com vários estilos de bongs. Existem algumas diferenças fundamentais entre os bongs com reservatório e os tubulares. Não afirmaremos que os bongs com reservatório de água sejam melhores que os bongs tubulares. Há apenas algumas diferenças que muitos preferem ter em um bong de vidro.

Comprar um bong pela primeira vez ou até mesmo pela centésima vez pode ser uma decisão complexa. Há tantos estilos diferentes, percolators, designs, espessura do vidro, conexões... É difícil saber por onde começar. Este guia rápido irá ajudá-lo (a) em sua pesquisa para que você possa escolher o melhor equipamento de acordo com seu perfil.
...

O bong é provavelmente o mais popular e amado dispositivo de fumar na história do consumo humano de cannabis. Alguns vão tão longe como o surgimento do próprio nome "bong". Nós compramos e às vezes decoramos nossos bongs, e lamentamos nossa perda quando eles se vão em pedaços. No entanto, para algo tão precioso, sabemos surpreendentemente pouco...